Sarah Chaves

3.0th

20/06/15

Na minha busca por um coração puro e um espírito estável (do Salmo 51), reencontrei um ser – humano real fantástico – que através da própria vida me ensinou muitas coisas. Me fez compreender que pra chegar mais longe eu precisaria mudar de hábitos. Me deu um alvo a alcançar.
[Tenho feito exercícios diários. Físicos, mentais e emocionais. Até as compras do mês são diferentes por aqui.]
Também me fez enxergar que há sonhos que nascem conosco e não tem como deixa-los pra lá porque estão ligados ao motivo da nossa existência. Quando a gente tenta esquecer por achar grande demais, Deus tem o poder de soprar sobre as cinzas e fazer arder fogo outra vez.
Na minha busca por um coração puro e um espírito estável encontrei paz para meus pensamentos inquietos e certeza de que tudo vai dar certo. Pode não dar certo como eu espero, mas estou certa de que o Criador sabe os porquês e isso me basta.
Sim, eu creio em milagres. Milagres diários, pequenos milagres, milagres grandiosos. E tenho experimentado de todos eles. Das vezes que me perdi no enredo da minha história, minhas conversas com Deus geraram em mim força e discernimento. Como numa cena de filme onde o tempo para, as coisas ficam suspensas e o personagem consegue retirar do caminho a bala que estava prestes a acertar seu coração. Deus me deu livramento todas as vezes que precisei de uma nova chance. Nos meus sofrimentos, chamei por Ele e compreendi que tudo fazia parte do meu crescimento. Nas minhas noites em claro, nas vezes em que eu e Junior choramos, quando nos sentimos desamparados, fomos abraçados por Sua maravilhosa graça. Quando não consegui ser a mãe que sempre sonhei, ele me deu uma boa noite de sono para recomeçar. Quando as pessoas tentaram me pressionar para ser quem elas esperavam que eu fosse, Ele foi a minha calma. Quando tive certezas demais, Ele mudou tudo a minha volta e me fez dependente do Seu amor real. A forma pessoal como o Eterno trata as coisa terrenas é arrebatadora. Seu Senhorio me trouxe liberdade.
Das minhas bagagens, algumas coisas deixei para trás porque quando a gente carrega muito peso, acaba por andar mais devagar. Outras coisas levo comigo porque estão ligadas às minhas transformações (até que chegue a próxima parada).

15 coisas que levei para os 30:

1- Estabeleça prioridades.
2- Concentre sua energia no que faz parte do seu propósito de vida.
3- Nas relações, é mais bonito deixar as pessoas nos descobrirem do que cortar caminho com autopromoção.
4- Nem sempre vale a pena parar pra se explicar. Quem pede muita explicação, pouco confia em quem a gente é.
5- Mergulhe em si mesmo, conheça suas limitações, descubra seus tesouros e seja um colaborador na transformação da realidade da sua casa, da sua família, do seu bairro, da sua comunidade. Vocação é a sua maneira particular de servir ao próximo.
6- Ninguém tem direito autoral sobre o evangelho.
7- Existem muitas formas de fazer de alguém um refém. Seja por medo, insegurança, barganha… Não deixe que as pessoas te prendam. Não prenda as pessoas.
8- O Deus que mora em você, mora também nas pessoas que fazem parte do seu ciclo de vida. Abra a sua mente para encontrá-lO pra além das coisas, pessoas e lugares que já se espera.
9- Não retire das pessoas a possibilidade de serem melhores. Tenha cuidado com o que você diz sobre uma pessoa na ausência dela.
10 – Ninguém conquistará novas terras se não perder o porto de vista. E não existe proveito em ganhar o mundo inteiro e perder a alma. [Mt 16:26] Das coisas essenciais para o progresso: Coragem e Gratidão! (por: meu pai)
11 – A parte mais difícil de ser mãe é tudo mudar por dentro (às vezes ao mesmo tempo e sem aviso).
12 – Existem dois tipos de tempo: chronos e kairos. As coisas que ainda não aconteceram em chronos podem já ter acontecido em kairos. Não tenha pressa. Ha um tempo estabelecido para cada coisa debaixo do céu. As coisas que passaram, passaram. O futuro nos espera e lá todas as coisas estão intactas. Sem mancha, sem dor.
13 – Deixe para amanhã o que não pode terminar hoje. Mas termine.
14- O fim das coisas é melhor que o princípio delas. [Eclesiastes 7:8]
15- Sonhos não envelhecem!
[*o número 9 foi fruto do meu reencontro.]

Gratidão aos amigos que fizeram parte de cada fase. Aqueles que souberam esperar comigo cada tempo ruim. Dançaram na chuva. Com esperança e bom humor me ensinaram coisas sobre a vida compartilhando maneiras de se olhar para um mesmo ponto. Gratidão àqueles que investiram na minha vida, que não deixaram que as urgências do dia a dia apagassem as lembranças de como é bom estar junto! Gratidão a minha família que é meu lugar secreto – das coisas imateriais até as correções do meu limitado português. rs
Perdão aos que não pude acompanhar tão de perto as conquistas e transformações. Meu coração cabe mais gente do que meus pés conseguem encontrar.
Minha terceira década e sinto que há tanta vida em mim. Tanto pra aprender. Tanto pra fazer!
Me entristeço com a velocidade com que os dias passam. É tão assustador pensar que se está cada vez mais perto do fim. Que talvez eu tenha chegado na metade da minha linha do tempo.
Minha oração é por dias de qualidade. Que minhas limitações não escondam o Cristo que vive em mim. Antes, que Ele seja revelado na simplicidade do caminhar. E que Ele inspire as pessoas através de mim pra que no fim eu possa escrever com verdade e singeleza de coração:
“Combati o bom combate, terminei a minha carreira, guardei a fé.” [2 Timóteo 4:7]

Fim do dia 24. Passei a tarde com a minha família e a noite com a minha trupe. Vi minha filha dormir curtindo o balanço do carro.
Beijei meu marido de coração inteiro. Pensei nos meus irmãos e no meu Benzinho. Pensei nos que não pude abraçar. Respondi cada mensagem de bons desejos. Fui tomada por uma sensação incrível de ter alcançado uma graça.
Benditos sejam os meus amigos que, conhecendo quem eu sou no meu original, conseguem ver em mim coisas que ainda busco ser.
Como se me olhassem pelas lentes do meu Criador.

Sarah Chaves

 

THE KREULICHS


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/storage/e/df/50/site1366225542/public_html/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273